Resenha: Perdida – Carina Rissi

Perdida
“Mas eu não poderia sobreviver sem Ian, tinha certeza disso. Seria como tentar viver sem respirar: sufocante, insuportável e impossível.” – Sofia Alonzo (Trecho do Livro)

 Bom a primeira resenha literária, para estrear essa categoria do blog, nada mais é do que a resenha do livro Perdida da Carina Rissi, que só depois de ter lido (4 vezes), descobri que era da literatura brasileira. Pra quem me conhece sabe que não aprecio muito os livros nacionais, mas pela primeira vez me apaixonei por um livro nacional. A escrita da Carina é incrivel, ela me cativou do começo ao fim, quando terminei fiquei com aquele pensamento “poxa, já acabou?” rs. Agora vamos falar um pouquinho sobre o livro.

O livro conta a história de Sofia Alonzo, uma jovem de 24 anos que não acredita no amor, até ela conhecer um rapaz que nasceu há dois séculos atrás. Durante uma noite de festa Sofia fica meio bêbada e acaba perdendo o celular resultando que no dia seguinte ela tem de ir a uma loja comprar outro aparelho, mas ao chegar na loja a vendedora muito bem humorada lhe oferece um aparelho totalmente diferente e por um preço justo. Ao sair da loja, o aparelho não funciona como o esperado e como num passe de mágica, em um clarão cegante leva Sofia para um outro tempo. Há mais ou menos 250 anos atrás, onde ele conhece Ian Clarke (que é tão perfeito quanto Patch, Jace, Percy, Jesse e outros personagens literários por quais sou apaixonada). Ian, por ter nascido em outro tempo, é um tremendo cavalheiro, sempre cordial e meigo, o que me conquistou demais, sempre sendo respeitoso em relação a Sofia, o que torna mais difícil para ambos não se apaixonarem. Com o passar do tempo a história vai se desenrolando num envolvimento amoroso entre Sofia e Ian e o final é surpreendente e perfeito. Eu sou apaixonada por livros de tempos mediavais e vitorianos e tenho uma queda enorme por personagens masculinos que são cavalheiros, mas também sou fascinada por tecnologia e durante a história tem muito dos dois, eu amei como a Carina conseguiu desenvolver uma história tão bem escrita envolvendo o tempo vitoriano com as “modernidades” de hoje, com certeza foi muito criativo e original e espero ansiosa pelo próximo livro “Encontrada” que será lançado na 23º Bienal do Livro em SP, no mês de agosto, onde a própria autora estará presente para uma tarde de autógrafos. Eu com certeza estarei lá, e se você ainda não leu, está esperando o que? (ps: o post original é do blog wonderlandin.wordpress.com ambos escritos por mim)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: