Deixei cachear, deixei ele livre!

Precisamos conversar sobre transição capilar. Se você é uma das garotas ou garotos que, há algum tempo era escravo da química, como selagem, progressiva e afins ou de secadores e chapinhas, esse post é para você. Você já sentiu aquela vontade de tomar um banho de chuva e ficou com medo da aparência de como seu cabelo ficaria depois? Se assim como eu, você decidiu deixar esse medo de água de lado e deixar o cabelo livre, definitivamente precisa ler até o final. Vou contar um pouco de como está sendo a minha experiência nessa nova fase do meu cabelo. 

Por que resolvi voltar para os cachos?

Muitas pessoas me questionam, porque eu resolvi voltar aos cachos, porque deixei a chapinha e a química de lado. Hoje é certo que a maioria quer ser cacheada porque acabou meio que virando “modinha”, porém, não foi por isso que decidi retornar ao cabelo natural. 

Depois de muito tempo, usando secador e chapinha, com química, meu cabelo ficou irreconhecível do que ele já foi um dia. Um cabelo que costumava ser cheio, pesado e bem volumoso, passou por vários cortes químicos, perdeu todo aquele volume e afinou muito. Ver meu cabelo chegando a esse ponto, me fez querer voltar para os cachos, esse, foi apenas um dos motivos. Conforme a gente vai crescendo, nossa forma de pensar muda muito, aprendemos a nos aceitar e finalmente chegou o momento em que eu aprendi a amar meu cabelo exatamente como ele é. Quando era criança, muita gente criticava o meu cabelo, apesar de ele sempre ter sido bonito, de ser bem mais trabalhoso no quesito cuidados, confesso que é muito melhor não ter que me preocupar com a chapinha a cada dois dias. O segredo de assumir os cachos, no meu caso, foi aprender a me aceitar, entender que meu cabelo é lindo sim e que cada ondinha tem o seu encanto. 

O que ninguém conta sobre a transição?

Acredite, não é fácil ver duas texturas no cabelo. Ver que sua raiz está voltando a ser cheia e as pontas ainda revelam resquícios de um cabelo que não era seu. O que quase ninguém conta, mas a gente descobre quando está passando pela transição, é que, você precisa adquirir muita paciência, senão, acredite, você volta a ser dependente do secador e chapinha e das químicas em geral. A sensação é de que o cabelo não cresce, bate o desespero de você ficar dependente de presilhas e bandanas para esconder aqueles fios da franja que insistem e ficar esticados. A palavra chave que tem me auxiliado muito é a paciência e muitos cremes de cabelos diferentes. Uma marca que se identifica bastante com meu cabelo é a linha #todecacho da Salon Line, mas esse conteúdo fica para um outro post que farei em breve. 

Se você tem ou teve cabelos cacheados, ondulados ou crespos e quer muito deixar o cabelo ser livre, meu conselho é que vá fundo nisso, porque nada é mais gratificante do que deixar o cabelo livre. Para mim, a sensação é como se ele fizesse parte da minha personalidade, por mais difícil que esteja sendo esperar ele voltar ao natural 100%. Como disseram para mim quando eu comecei passar pela transição, eu repasso: Só vai mana!!! No final, vai ficar tudo muito cacheado e lindo, vai valer a pena. Espero que tenha gostado e até o próximo post.

Sem título

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: